Noivei. E agora, por onde começar?

Depois de realizar o sonho de noivar, é hora de começar a caminhada de preparativos até o dia do casamento. Na maioria das vezes, essa tarefa fica com a noiva e sua mãe. Certo? Certo. Sabemos também que muitas nem sabem mesmo por onde começar, afinal de contas são tantos itens e detalhes. Esse post é justamente para tentar ajudá-las e pra isso, pedimos uma ajudinha para a assessora de eventos, Sí¢mya Rios.

Depois de marcar a data, é preciso ter cautela e muita pesquisa, principalmente antes de tomar as decisões pelos fornecedores. Portanto, começar com uma planilha e uma pasta no seu computador separando cada item a ser resolvido, pode ajudar muito no planejamento e organização.

Para tentar facilitar, listamos algumas dicas fundamentais para você seguir durante essa fase deliciosa. O post ficou longo, mas se você noivou e vai iniciar sua caminhada rumo ao altar, vale a pena conferir até o final 😉

Casamento Natália & Rafael (blogueiros Casamento 2.0). Foto: Samuel Gomes.
Casamento Natália & Rafael (blogueiros Casamento 2.0). Foto: Samuel Gomes.
1- Defina o formato da sua cerimônia e festa (se houver)
Toda mulher (tudo bem, a maioria) guarda um antigo sonho sobre como seria seu casamento. Algumas pensaram em casar na praia ou chegar ao altar em uma carruagem e outras querem o pôr do sol como testemunha. Mas a verdade é que quando iniciamos as pesquisas, contatos e orçamentos, caí­mos na real e percebemos que o sonho poderá sofrer algumas alterações. Não tem problema! Nem precisa se frustrar, pois nada disso é o mais importante. Mesmo assim, isso será importante para saber por onde iniciar as pesquisas. Pense como você sempre imaginou o seu casamento, do que vocês gostam e o que combina com vocês, os noivos.
Dependendo da religião e costumes das famí­lias, o casamento pode ser tradicional, igreja e buffet, ou em formato mais diferenciado como em um restaurante, salão de festas ou numa fazenda, com uma celebração civil, apenas. Decida isso com seu noivo e seus pais, pois será o primeiro e grande passo. As finanças serão o grande agente que influenciará nessa decisão.
Casamento Natália & Rafael. Igreja: Paróquia Nossa Senhora do Lí­bano. Foto: Samuel Gomes.
Casamento Natália & Rafael. Igreja: Paróquia Nossa Senhora do Lí­bano. Foto: Samuel Gomes.
2 – Tenha uma festa do tamanho do seu bolso – “Budget”
Falar sobre dinheiro nem sempre é tão fácil, mas um bom exercí­cio é começar nessa fase do noivado. Se alguém mais da famí­lia participará dos gastos, é importante definir e organizar isso desde o iní­cio. Quem fica com cada item.
Definir um orçamento logo no iní­cio é sempre o melhor caminho a ser seguido, pois será por onde irão começar a escolher os profissionais. Existem fornecedores competentes e confiáveis de faixas de preços diferentes. Por isso, pesquisar e ter referências é sempre bom. O ideal é fazer uma festa do tamanho que seu bolso pode pagar, pois não será agradável iniciar a vida de casados com contas acumuladas.
566 - festa
3- Liste seus convidados
O número de convidados é o que determina o tamanho do seu casamento e isso vai depender do seu orçamento, já que influenciará no número de itens como docinhos, bem casados, quantidade de comida e bebida. Comece a listar as pessoas que fazem parte da história e da vida de vocês e se for preciso, estabeleça as prioridades.
Para saber como escolher as pessoas que estarão neste dia tão especial, tente imaginar se elas irão se emocionar, compartilhar e vibrar a felicidades de vocês. Sentem com as famí­lias e tenham paciência com seus pais, pois é um momento importante pra eles também. Lembrem-se que ao longo do ano, essa lista irá se modificar, com a entrada de novos amigos ou o corte de colegas de trabalho, por exemplo. Essa lista só deverá ser oficial com números exatos de convidados até o dia que você mandar fazer os convites, que geralmente acontece com três meses de antecedência ao dia do casamento.
4- Escolha data e local
Em Fortaleza, algumas igrejas são bem concorridas. Muitas noivas reservam com um ano de antecedência. Portanto, se você tem o sonho de casar em alguma igreja especí­fica, essa deverá ser a primeira preocupação para garantir sua data. Marcada a igreja, com o estilo da festa definido, verba que se pode gastar e uma média de convidados? Pronto, o próximo passo é escolher o local da festa e fazer uma reserva, para que ambos os locais que optaram, estejam disponí­veis na mesma data.
Casamento: Natália e Rafael. Igreja Nossa Senhora do Lí­bano. Foto: Samuel Gomes.
Casamento: Natália e Rafael. Igreja Nossa Senhora do Lí­bano. Foto: Samuel Gomes.
Casamento Natália e Rafael. Buffet: Barbra's Eden. Decoração: Bárbara Freire. Foto: Samuel Gomes.
Casamento Natália e Rafael. Buffet: Barbra’s Eden. Decoração: Bárbara Freire. Foto: Samuel Gomes.
5- Seja amiga da sua cerimonialista
Escolha uma assessora para lhe ajudar nos preparativos, acredite, você vai precisar. Nem que seja apenas para o dia (nesse caso, o trabalho dela inicia na semana anterior ao dia do casamento). Ela será muito importante, pois será com quem você vai compartilhar suas ideias e saber se serão viáveis. Mais do que isso, ela será uma amiga e durante esse perí­odo, uma das pessoas que você vai mais falar e compartilhar momentos de decisões e algumas vezes, de angústia. Portanto, deve ser uma relação de amizade e confiança.
Ela saberá se os profissionais que você quer escolher são bons e confiáveis. O ideal é que você tenha pelo menos duas ou três opções para orçar e escolher a sua assessora. Escolha uma que você se identifique, que tenha afinidades. O ideal é que seja alguém que esteja disposta a dar atenção necessária e que esteja disponí­vel, para que você possa confiar e se sentir segura no seu grande dia.
Casamento Natália e Rafael. Blogueiros com a Ana Liady Accioly, nossa cerimonialista. Foto: Samuel Gomes.
Casamento Natália e Rafael. Blogueiros com a Ana Liady Accioly, nossa cerimonialista. Foto: Samuel Gomes.
6 – Fique antenada
A última dica de hoje é para lembrá-las de que também é importante a pesquisa, seja pela Internet (acompanhando blogs como o Casamento 2.0…rs), revistas ou conversando com outras amigas que estão noivas. Buscar referências é sempre o melhor caminho.
Essas são dicas bem gerais. Há diversas tarefas que os noivos deverão ficar atentos como o prazo para a entrada na documentação da igreja e do cartório, curso de noivos, entre outros. Mas tudo isso deverá ser orientado pela assessoria. No mais, busque ideias para que seu casamento seja memorável, curta bastante esse momento, pois ele é único e passa rápido.
Esperamos que curtam nossas dicas e aproveitem ao máximo essa fase cheia de desafios e delí­cias para viver. Boa sorte!
Beijos e fiquem com Deus!

More about

Leave a Reply

Deixe uma resposta